MINISSÉRIE CAPITU

09:00:00




Série: Capitu
Data de exibição: 09/12/2008 – 13/12/2008
Número de Capítulos: 05
Roteiro: Euclydes Marinho
Colaboração: Daniel Piza, Luís Alberto de Abreu e Edna Palatnik
Texto final: Luiz Fernando Carvalho
Direção-geral e de núcleo: Luiz Fernando Carvalho

Capitu foi uma minissérie de TV exibida em 2008, transmitida pela rede Globo, em 5 capítulos. Ela faz parte do Projeto Quadrante, que visa levar para a televisão a literatura brasileira. A primeira produção desse projeto foi A Pedra do Reino, baseando-se na obra O Romance d'A Pedra do Reino e O Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta.

A criação de Capitu foi uma homenagem ao centenário de morte do autor Machado Assis. Ela foi baseada em seu romance, Dom Casmurro. E vai apresentar a história de Bentinho, que apaixonado por sua vizinha e amiga Capitu, tem o desejo de ficar junto Mas, devido a uma promessa de sua mãe, D. Glória, ele vai para o seminário, contra a sua vontade, a fim de tornar-se padre. Lá ele conhece Escobar, que vira seu melhor amigo. Depois, com ajuda de José Dias, ele acaba conseguindo sair do seminário e ficar com a Capitu. Anos se passam, ele vai para fora estudar Direito e, quando volta, eles se casam. Assim como Sancha, amiga de Capitu, se casa com Escobar. E todos vivem uma amizade com vários momentos felizes.

No entanto, Bentinho começa notar certos sinais que o levam a crer que a sua amada está traindo-o com seu amigo. E começa a piorar com o decorrer da história, principalmente, por acreditar que seu filho, Ezequiel, muito parecido com Escobar, podendo ser filho dele.


Mas é necessário levar em consideração que a história é contada pelo ponto de vista do Bentinho, 15 anos mais velho, onde são apenas memórias. Ele é extremamente ciumento e desconfiado, podendo ver coisas onde não existe, formar histórias sem nexo.

Na minissérie, o cenário é um teatro. Ficou lindo a produção nele. O roteiro ficou bem fiel ao livro, de certa forma, pois ele conseguiu manter o “narrador Machadiano”, resumindo bem, aquele que tem uma certa interação com o leitor, sempre intrometendo-se na história, principalmente nessa que é narrada por um dos personagens principais. Ele consegue deixar a essência do livro e a questão pendente sobre a possibilidade de Capitu ter ou não traído o Bentinho. Uma das maiores dúvidas existentes da literatura brasileira. O diretor da minissérie acabou apelidando de “Um ensaio sobre a dúvida.”


Elenco:
Maria Fernanda Cândido – Capitu
Michel Melamed – Bentinho
Eliane Giardini – Dona Glória
Letícia Persiles – Capitu (jovem)
César Cardadeiro - Bentinho(jovem)
Pierre Baitelli - Ezequiel
Rita Elmôr - Prima Justina
Sandro Christopher – Tio Cosme
Charles Fricks – Sr. Pádua
Bellatrix Serra – Sancha Gurgel
Izabella Bicalho – Dona Fortunata Pádua
Antônio Karnewale – José Dias
Thelmo Fernandes – Sr. Gurgel
Emílio Pitta – Padre Cabral
Vitor Facchinetti – Dandi do Cavalo-Alazão
Alan Scarpari – Ezequiel
Jacy Marques - Escrava
Gabriela Luiz - Escrava


Curiosidades
  • A cronologia básica do livro e da minissérie é a mesma.
  • A opção pelo título Capitu e não Dom Casmurro foi da ideia de buscar um diálogo com a obra original e com a própria personagem Capitu. Além disso, segundo a direção, foi uma forma de mostrar que a série ia além de uma simples transposição de um suporte para o outro.
  • Por os outros personagens serem vistos sob a ótica da memória de Bentinho, seus familiares, por exemplo, apareciam com caricaturas, exagerando os traços, que na opinião dele, se destacavam mais.
  • Apesar dos figurinos remeterem o século XIX, época em que se passa o livro, no início do primeiro capítulo, aparece o interior de um trem contemporâneo, pichado pelo lado de fora, ao lado de figurantes do século XXI.
  • Quando apareceram elementos como aparelhos de MP3, tatuagem no braço da protagonista e tilha sonora com samba, rock e outras músicas nacionais e internacionais, mas preservando os figurinos da época, ressaltou o caráter atemporal e universal da obra de Machado de Assim, assim confirmando que a história poderia ocorrer na atualidade.
  • A Maria Fernanda Cândido, que interpreta Capitu adulta, já tinha feito o papel da personagem no filme Dom (2003), considerado uma versão contemporânea da obra.
  • Um ponto alto da minissérie é a trilha sonora maravilhosa. Passando por Black Sabbath, Jimi Hendrix, Janis Joplin até chegar em Beirut, com o clássico Elephant Gun, que tornou-se tema de Bentinho e Capitu e outros clássicos.

Abaixo deixo o tema de Capitu e Bentinho:


Beijos e até a próxima,
Jéssica Tolare

You Might Also Like

0 comentários

Amazon

Amazon